A ti

janeiro 27, 2009

Não posso ser rio,
que se faz de espelho para o sol surgir
e de cama para ele deitar,
que percorre um caminho triste
insatisfeito em busca do mar.

Não posso ser mar,
que apesar do fascínio,
trai e salga o que não deveria,
que leva e traz velas com a permissão do vento
ou se recolhe em calmaria.

Não posso ser rio nem mar,
porque nasci cachoeira,
que ferve e que se doa,
que se joga e se despedaça
e que se joga de novo.

Não posso ser mar nem rio,
Porque sou Mário, breve e feliz.

PP

janeiro 23, 2009

Yours are the sweetest eyes I've ever seen.

Yours are the sweetest eyes I've ever seen.

formatura do Pedro

formatura do Pedro

Para Cachinhos Dourados

janeiro 23, 2009

blog21

 

Tenho certeza de que o sorriso de um filho é a maior alegria de uma mãe. (lá vem clichê). Mas o teu sorriso, minha pequena, é mais do que isso, além do sinal de tua alegria, da tua felicidade, pra mim, significa mais. Nele eu me vejo, sem metáforas, me vejo porque é igual ao meu, o formato, o tamanho, a tua boca é igual a minha (a risadinha é do tio Pedro…). Sou eu sorrindo aos 4 anos… te vejo nas fotos e me vejo em ti. (também sou eu braba aos 4 anos, fazendo beiço…)

Saudades desse nosso sorriso que está em Lavras com os avós e com os tios. Está com a vovó Nena na piscina e em todos os outros lugares que ela vai; com o vovô Rafael “que é quase um príncipe”, fazendo tudo o que quer; com a calma e paciência do tio Pedro andando a cavalo; com a alegria e agitação do Dindo indo nos cachorros; dando comida no bico dos passarinhos do vovô; andando pelo pátio com os pés descalços e dourando os cabelos nesse sol que dá pouca trégua; aprendendo a olhar pro céu em busca de chuva, e quando chove, vendo a soja crescer na mesma medida que cresce a expectativa em casa. Esse sorriso está em Lavras fazendo um exercício de independência e se ensaiando para o que há de mais verdadeiro.

Estou morrendo de saudades de ti, mas feliz, percebendo que a semelhança só aumenta, além da forma, do tamanho, estás em Lavras, sorrindo pelos mesmos motivos pelos quais eu sempre sorri.